4 de agosto de 2010

O cachorro dele...

... é tratado em uma famoso PetShop. Está sempre limpo, cheiroso e provavelmente com uma das tantas roupinhas muito fofas escolhidas por seu dono. Tem um grande jardim para passear, um canil para ficar e uma casinha para dormir. Nunca lhe falta uma boa ração para comer e vai regularmente ao veterinário por precaução. Tem o carinho do seu dono que de vez em quando aparece e diariamente a atenção dos tantos caseiros que cuidam da mansão que ele mora. Você é um homem trabalhador, pai de família e honesto. Chega cansado à noite do trabalho e recebe o carinho dos seus filhos e da esposa que preparou o arroz com feijão com carinho. A carne fica pra quando a situação financeira da família melhorar... por enquanto só o necessário já que os trabalhos irregulares de que você tira sua renda (isso depois que foi dispensado da fábrica por falta de produção) é muito pouco para alimentar seus 4 filhos e zelar pelo futuro daquele que está na barriga da sua esposa, quase nos dias de nascer. Mas antes do jantar é preciso tomar um banho, as mãos sujas de graxa não poderão se unir com as dos seus filhos para a oração de agradecimento pelo alimento. Depois disso vai assistir o programa de esportes se informar sobre as novidades do seu querido time. Vibrar, reclamar, parabenizar e comentar com seu filho mais velho os lances dos jogadores que o pequeno veste com orgulho a camisa. Na hora de dormir, o pai antes de desejar boa noite aos pequenos faz uma promessa: "Quando a fábrica retomar a produção e a situação aqui em casa melhorar, papai vai economizar dinheiro pra todos nós irmos ao estádio ver nossos craques jogarem..."

É justo?!

Não entendeu? Clica!

7 comentários:

Winny Trindade disse...

Obrigada pelo carinho.
Também te sigo.

Abraço meu.

Ju Fuzetto disse...

Linda adorei!!

Beijos e boa quarta

Willyan Luemi disse...

Corta o coração!

Tu estás de parabéns, por se sensibilizar. É assustador, a injustiça que pode ser feita com algumas palavras impensadas em tão pouco tempo.

Eu mesmo sou santista desde guri,
é lastimável ver algo assim.
Enfim, estão todos em seus caminhos, e uma hora terão que aprender com os próprios enganos.


Um grande abraço, mais uma vez parabéns. Gostei muito de seus textos. São políticos, são espirituosos, mas acima de tudo, por trás deles existe um ponto de vista nítido e maturo.

Willyan Luemi disse...

P.S. Fiquei tão indignado que já estava esquecendo. Muito obrigado pelas palavras tão gentis!

Thaíse L. disse...

Patricia, fiquei surpresa com seu texto. No inicio do ano, um time espantou todos que gostam de futebol, inclusive a mim. E agora os reservas desse time maravilhoso, aparece com uma dessas, chega a ser ridiculo um fato desse. Adorei de verdade a sua visão do problema, eu particularmente, só tinha associado ao futebol, mas agora lendo seu texto, meus olhos brilharam. E consegui enxergar como que a falta de agradecimento e o poder de se achar melhor que os outros está tão presente na nossa sociedade.
Beijoos. Parabens pelo belíssimo texto.

Ana Lu disse...

Muito bom o texto e o ponto de vista Patrícia
=]
Beijoss

Grafite disse...

Muito bom o texto!

beiijo,
*.*