1 de setembro de 2010

O "homem evoluído"

Estamos em um processo de evolução, não é nisso que muitos acreditam? Mas você percebeu que estamos decrescendo nessa escala?!
O surgimento da escrita e a evolução da fala demarcaram a separação entre a história e a pré-história e foram fatos marcantes e decisivos na vida dos seres humanos, sem dúvida alguma. Mas o que não paramos pra pensar nessa correria em que se tornaram nossas vidas, é que nós, "homens evoluídos", deixamos de utilizar desses meios de comunicação e aos poucos estamos nos tornando máquinas sem sentimentos, comandadas por sistemas impostos e inquestionáveis para sermos aceitos.
Você se lembra da última conversa com seu amigo, filho, esposa, marido, vizinho? Eu digo conversa de olhar no fundo dos olhos e ouvir atentamente... de contar as últimas novidades ou mesmo saber como o outro está, por quais problemas está passando e oferecer ajuda. Ou do último bilhete que escreveu com a própria letra (aquela feia e torta pela falta de treino pelos muitos anos que não vai à escola), um simples bilhete de agradecimento à alguém que te ajudou em um momento em que você, "homem evoluído", precisou do seu próximo pois sozinho não iria conseguir resolver uma tarefa?
Não, não... o "homem evoluído" senta em sua confortável poltrona e manda e-mails sem nenhum vestígio de emoção.. apenas para manter seu social. Fica no escritório até tarde pois "tem um mundo a conquistar" enquanto em sua casa, o único terreno nesse mundo que tem seu nome como proprietário, tem uma babá que educa seus filhos do seu jeito e maneira... e você ainda reclama que eles não tem educação, é.. você tem total razão. A conversa sobre o que aconteceu em seu dia e o desabafo sobre os problemas da vida ficam com a manicure no final de semana... e a sua letra feia e torta fica estampada no cheque que serve como pagamento pelo serviço.
Certa vez Marshall McLuhan disse que os meios de comunicação são extensões de nossos braços, olhos e ouvidos... Hoje, inverteram-se. Quando se falam dos homens pré-históricos nos vem à mente pessoas peludas com escudos e lanças... sem diálogos, compreensão ou piedade. Cortando árvores sem nenhum senso de preservação, apenas visando sua sobrevivência. Matando animais para fazer roupas, sem se preocupar com a extinção. Hoje fazemos as mesmas coisas, a diferença é que nos camuflamos com ternos, equilibramos em saltos altos e estampando falsos sorrisos.
Nos tornamos máquinas cheias de problemas e perguntas... buscando soluções em livros de auto-ajuda, psicólogos ou meditações. As respostas estão do outro lado do vidro que a fumaça do orgulho embaçou, ocultando a verdadeira essência do viver.
Homens brigando com homens por coisas inúteis, matando por motivos banais, tentando se sobressair em tudo e ter mais.. se esquecendo do ser, antes de tudo. E quando penso no nosso tamanho quando me lembro de tudo o que me cerca, já que moramos em um minúsculo ponto azul quase imperceptível nesse vasto universo, fico com um sentimento de indignação.
Eu não entendo essa evolução.

11 comentários:

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Impossível não concordar com cada parágrafo desse texto, mas a frase que mais me chamou a atenção foi a citada abaixo:

"As respostas estão do outro lado do vidro que a fumaça do orgulho embassou, ocultando a verdadeira essência do viver."

A verdade é que o sistema nos esmaga e nos ocupada de uma tal forma, que acabamos não tendo tempo nem para nós mesmo, quem dirá para a família e amigos. O erro, que é da natureza humana, em conjunto com o sistema e seus efeitos maléficos acabam por tornar robôs - como você mesmo disse.

Graças à Deus, ten-se os olhos e a mente abertos para enxergar e entender tudo isso... E o mais importante: Deus em nossas vidas. Para não sermos apenas mais alguns robôs na grande fileira para o precipício.

Um beijo e minha total admiração . ;*

Matheus W. disse...

Você só falou do mundo virtual, pra piorar seu diagnóstico poderia citar o celular por exemplo.
Ontem liguei no celular da minha irmã que estava no quarto ao lado pra pedir pra ela me pegar um copo de água (sim, eu estava brincando, mas isso anda se repetindo cada vez mais e em maior escala, não só comigo)!

Evolução é apenas uma lenda, a única evolução que tivemos em todos os anos da humanidade foi a evolução da tecnologia, porém o homem em si permanece o mesmo, talvez até pior...

Ana Lu disse...

Sabe o que é Patrícia, é que infelizmente não tem como haver sempre uma evolução. Ela chega no limite, e aí começa uma regressão. Esse é o problema. O bom é que a regressão também chega no limite
=]
Beijos!

Gabriela Petrucci disse...

Infelizmente, você só falou verdades, Patricia! Infelizmente...
Você mandou muito bem. Ideias bem articuladas. :D

Beijo

Lua disse...

quem dera eu poder entender toda essa evolução ... parece que damos um passo pra frente e dois pra tras...

denizecs11@hotmail.com disse...

Olaaa querida
ameiiiii sua visita
concordo que a Lua evoluimos de um lado e andamos para tras de outro afff...
beeeeijo

Thaíse L. disse...

Também queria entender, mas infelizmente acho que hoje nem evolução mais é.
Concordo com tudo. Beijo meu.

Camila Mancio. disse...

eu também não entendo, quando entender por favor me ajude a entender.

grande beijo.

Au disse...

Muito realista! De fato tudo anda assim... Meio sem sentimento, meio automático, onde trabalho, por exemplo, quase ninguém se dirige ao outro, mesmo que esteja a mesa ao lado, existe o e-mail, não é mesmo?!

Complicado!


Beijão!

Willyan Luemi disse...

Essa evolução não nos leva a lugar algum que não seja destruição do mundo em que vivemos. O que está do lado de fora, mas principalmente, o que esta do lado de dentro.
Suas palavras são de grande sensibilidade, Patrícia. Precisamos de sentimentos. Não temos sentimentos, e por isso é tão fácil ver pais matando filhos, filhos matando pais. O MUNDO ESTÁ FRIO E SECO. Por conta disso é tão necessário que vozes como a sua soem por ouvidos distraídos e confusos. Continue dissipando a escuridão, você faz isso com ternura. É linda a sua jornada, é Linda a alma que você é!

Um imensúravel abraço de afeto!

- adelapenha disse...

é simplesmente vce falou tudo.
eu tambem nao entendo essa evolução

e obg por me visitar!
e estou seguindo *-*